5 CRITÉRIOS PARA VOCÊ FAZER PARCERIA COM BONS FORNECEDORES

  03/03/2017 - Por : - 5 critérios para você fazer parceria com bons fornecedores

Para você, quais são os critérios de bons fornecedores?

Quando pensamos a respeito, diversos aspectos podem vir à mente, mas as principais habilidades e competências devem ser: qualidade, compliance e eficiência.

Nem sempre é fácil conseguir essas 3 características, certo?

E elas estão totalmente relacionadas aos 5 critérios que apresentaremos a seguir e que asseguram uma gestão de fornecedores de qualidade.

Dessa forma, é mais fácil fazer a avaliação dos fornecedores e atingir o resultado esperado.

Quando isso acontece, sua empresa tem mais consistência no produto, níveis de estoque mais baixos, menos estresse, redução de custos, maior eficiência nos processos e mais respeitabilidade.

Conheça a seguir os 5 fatores de avaliação que você deve considerar:

1. Infraestrutura

Sua empresa possui necessidades e demandas em suas compras.

O primeiro requisito de um fornecedor, portanto, é ter os conhecimentos técnicos exigidos para solucionar os seus problemas.

Para fazer isso, um passo importante é definir o nível de certificação de qualidade mínimo a ser requisitado.

A Organização Internacional para Padronização (ISO) tem alguns índices que podem indicar a capacidade do fornecedor.

Você também deve se certificar de que ele possui instalações, equipamentos e demonstrações financeiras de forma adequada para garantir o sucesso da negociação.

2. Liderança

O fornecedor que deseja estar na liderança e se destacar da concorrência está sempre implantando boas práticas de gerenciamento. Seus processos e políticas são documentados.

Já o gerenciamento e a eliminação do risco são bem definidas para evitar imprevistos.

Uma tática comumente usada por esse tipo de fornecedor é o DMAIC, que ajuda a otimizar processos com base na ideia de definir, medir, analisar, melhorar e controlar.

Com isso, é possível inovar e encontrar formas diferenciadas de fazer as mesmas rotinas.

3. Comunicação

A comunicação é importante em qualquer relacionamento, inclusive entre fornecedor e comprador.

O primeiro deve seguir as tendências do mercado e seguir as especificações de qualidade do produto e termos de entrega.

Além disso, é importante que ele também atue de forma condizente com as leis e regulações e saibam que o não seguimento delas pode provocar consequências bastante prejudiciais.

4. Ética e valores

Talvez esse seja o ponto que você menos pensa quando está selecionando um fornecedor, mas a verdade é que a ética e os valores são bem importantes.

São esses elementos que permeiam a interação entre comprador, fornecedor e cliente e, como resultado, impactam as transações de compra e a qualidade do material.

Esses fatores também permitem estabelecer uma relação de confiança, que pode levar, inclusive, a descontos nos produtos no futuro.

5. Alto desempenho

O bom fornecedor deve estar de acordo com as necessidades e expectativas da sua empresa. Se possível, deve ultrapassá-las.

A agilidade e o compliance são outros fatores importantes, porque garantem que as entregas serão feitas dentro do prazo e de acordo com o que a legislação exige.

A partir de agora, sempre que você precisar fazer a gestão de fornecedores e avaliá-los, lembre-se desses 5 critérios, que vão facilitar a sua escolha e assegurar que a relação seja a melhor possível.

Tendo bons fornecedores à disposição da sua empresa, a qualidade do seu produto será melhor e seu cliente final estará mais satisfeito.

Para aumentar seu conhecimento sobre isso, que tal ler o post Avaliação de fornecedores: 6 dicas para você fazer a sua?

Aproveite e deixe um comentário no post para compartilhar a sua experiência!

Avalie esse Post