5 PASSOS PARA A BUSCA DE FORNECEDORES CHINESES

  03/01/2017 - Por : - -

Encontrar fornecedores não é uma tarefa fácil. Muitas empresas têm dificuldades ao longo desse processo e pode ser que você já tenha passado por isso. Mas esse procedimento é mais complexo ainda quando você precisa fazer a busca de fornecedores chineses.

A distância e até mesmo as dificuldades de comunicação devido ao idioma complicam essa atividade, mas é possível otimizá-la com algumas dicas simples. Entenda melhor a seguir.

Busca de fornecedores chineses: como fazer

Algumas empresas brasileiras compram os produtos chineses diretamente das fábricas. Mas isso só é possível quando o pedido a ser feito é alto, já que as indústrias chinesas exigem a aquisição de pelo menos mil peças de um mesmo modelo.

Quando você não pretende comprar em grande quantidade preciso recorrer aos fornecedores do atacado chinês. Eles são mais acessíveis e é possível comprar uma quantidade bem menor, apesar de não serem varejo.

Para buscar fornecedores de atacado confiáveis, você deve seguir alguns passos:

Defina os produtos que vai adquirir

Se você não souber exatamente o que pretende comprar, vai ter muitos problemas. Os atacadistas chineses oferecem um grande número de opções e se você começar a olhar todas elas para decidir depois, vai acabar se confundindo. O ideal é já ter uma ideia bem clara do que quer importar.

Contate uma trading para ajudar na negociação

A trading é uma empresa intermediária que ajuda os importadores. Essa é uma diferença bem grande em relação à compra direta de fábrica, já que, nesse caso, você teria que contatar a fabricante sozinho e poderia esbarrar em algumas dificuldades.

Assim, existem diversas facilidades ao adotar essa opção:

  • Idioma: de modo geral, os atacadistas chineses não falam inglês ou têm muita dificuldade, o que dificulta a negociação;
  • Documentação: esses fornecedores não têm a documentação necessária para exportar e não têm experiência com isso. Outro impedimento é o fato de não poderem receber dinheiro em dólar em suas contas bancárias. Por isso, muitos atacadistas preferem receber diretamente em dinheiro;
  • Consolidação: muitas vezes, você precisa comprar produtos de fornecedores atacadistas diferentes. Mesmo que as cargas sejam colocadas em apenas um container, isso vai contra a legislação brasileira, que exige que cada exportador tenha um processo de importação específico. A trading pode cuidar dessa questão;
  • Junção da carga: por serem de fornecedores diferentes, as cargas serão entregues em prazos diferentes. Com o processo intermediado, os produtos ficam armazenados na trading.

É claro que a trading cobra um percentual para fazer esse serviço, mas realmente vale a pena.

Avalie os fornecedores

Se possível, você deve viajar até a China para ter certeza de que conseguirá encontrar os melhores fornecedores. A viagem deve ser programada com 60 dias de antecedência e você deve se atentar aos seguintes pontos:

  • Passaporte válido por no mínimo 6 meses;
  • Visto do governo chinês;
  • Passagens aéreas;
  • Seguro viagem;
  • Hotel;
  • Traslados em território chinês;
  • Equipe para atendimento e recepção na China;
  • Agendamento com assessores e fornecedores.

Se você não conseguir viajar até a China, a dica é recorrer a uma pesquisa minuciosa sobre os fornecedores junto à Câmara Brasil-China, que fornece a pesquisa de fornecedores e/ou tradings, pesquisa de idoneidade, auditoria para a fábrica, inspeção da produção e pré-embarque.

Compre

O processo de compras no atacado chinês não envolve o pagamento na hora. Na realidade, você vai cotar os produtos e fazer um pré-pedido, porque ainda não se sabe qual será o valor final deles.

O assessor da trading anota seus pedidos e posteriormente insere os pedidos em uma planilha para conhecer o valor final e ver o que pode ser comprado de acordo com o orçamento estipulado por você. A trading também verifica a classificação fiscal e identifica possíveis problemas que impedem a importação de alguma mercadoria.

Somente depois disso você confirma o pedido ou o cancela. O percentual de cancelamento varia de 10% a 15% devido a questões de viabilidade ou fiscais.

Importe

Essa é a última etapa, na qual a importação propriamente dita ocorre. Esse processo também contempla algumas etapas, como envio do dinheiro para a trading chinesa, confirmação dos pedidos para os fornecedores, recebimento das mercadorias, conferência do pedido e pagamento.

Seguindo esses 5 passos você terá mais sucesso no seu processo de importação e principalmente na busca de fornecedores chineses. Para melhorar ainda mais a sua análise, leia o post Avaliação de fornecedores: 6 dicas para você fazer a sua e tenha mais subsídios para executar bem essa tarefa.

Avalie esse Post

5 PASSOS PARA A BUSCA DE FORNECEDORES CHINESES
4.6 (91.54%) 26 votes