CADEIA DE FORNECIMENTO FINANCEIRO: COMO INOVAR NA SUA EMPRESA

  15/03/2017 - Por : -

Muitas empresas deixam de lado a cadeia de fornecimento financeiro.

Isso acontece até mesmo por questões históricas, já que esse processo acabou sendo negligenciado por práticas atrasadas e que não surtiam os resultados esperados.

Hoje não é mais assim.

Aliás, esse é um conceito estratégico para as organizações.

A ideia é fazer com que essa cadeia tenha ações automatizadas, que gerem menos custos e retrabalho.

Ao mesmo tempo, os profissionais podem deixar de lado questões operacionais para se focar nos planejamentos.

O que você deve estar se perguntando é: qual o conceito desse tipo de cadeia de fornecimento?

O que o caracteriza?

Como fazer ele se modernizar e adequar aos procedimentos atuais?

Todos esses questionamentos serão respondidos a seguir.

É só você acompanhar e ver como aplicar essa ideia na sua empresa.

O que é a cadeia de fornecimento financeiro?

Esse conceito obviamente está atrelado ao de cadeia de fornecimento do negócio.

Para entender como acontece essa relação, é preciso lembrar de que a supply chain é composta por 3 tipos diferentes.

AS designações dos tipos de cadeia de fornecimento são:

  • físico: é caracterizado pelo movimento de bens físicos dos fornecedores para os compradores;
  • informacional: é o processo de acompanhamento, registro e avaliação de informações relativas à supply chain;
  • financeiro: analisa como os recursos financeiros fluem pela cadeia de fornecimento a fim de custear a compra de bens e serviços.

A relação entre os 3 componentes da supply chain mostra que a parte financeira abrange as outras duas.

Por exemplo: a cadeia de fornecimento físico passou por muitas evoluções nos últimos anos, como a técnica Just in Time.

O resultado foi a redução do estoque e mais agilidade nos processos, o que ocasionou o aumento da competitividade das organizações.

Analisando as questões financeiras originárias desse processo, percebemos que as empresas diminuíram sua necessidade de capital de giro atrelado ao estoque e a depreciação dos produtos armazenados.

Mas não houve grandes mudanças específicas para o lado financeiro.

A cadeia de fornecimento financeiro evoluiu?

As inovações foram muito poucas, porque as formas de pagamento dos fornecedores não passaram por grandes alterações.

De modo geral continua havendo termos fixos e até mesmo os descontos são sistematizados.

Um motivo que justifica esse cenário é que a tecnologia fundamenta esse processo continua fragmentada, ou seja, não há verdadeira integração.

Mesmo a adoção dos ERPs e sistemas de gestão financeira não resolveu esse dilema.

Os dados que comprovam isso estão no relatório do Hackett Group, divulgados pelo Taulia.

De acordo com o levantamento, apenas 33% das organizações possuem o recebimento de faturas e pedidos eletrônico.

Além disso, apenas 6% dos fornecedores dessas empresas conseguem acessar um portal de compras.

A mudança desse contexto pode fazer com que essas lacunas sejam preenchidas, o que garante uma negociação melhor e mais transparente.

Outro problema é o fato de ser praticamente impossível implantar alguma ação inovadora quando compradores e fornecedores não estão conectados nem trabalham em parceria.

É somente dessa forma que se pode estabelecer uma política de benefícios mútuos.

Quais práticas podem ser adotadas na sua empresa?

Fazer uma gestão financeira realmente efetiva para a cadeia de fornecimento é um desafio. Mas é possível seguir em frente.

O primeiro passo é estar conectado aos fornecedores.

Esse relacionamento mais próximo garante vantagens para ambos os lados (comprador e fornecedor), já que é feita uma negociação melhor e os recursos financeiros conseguem fluir de maneira mais eficaz.

A segunda atitude a ser tomada é usar ferramentas adequadas, como o portal de compras e a integração ERP, que acabam com as lacunas comuns entre comprador e fornecedor.

Como consequência, também se obtém mais agilidade e um processo mais dinâmico e adequado às metas de compradores e fornecedores.

Agora você já sabe o que é a cadeia de fornecimento financeiro e como você pode otimizar esse processo e obter benefícios.

Você pode conseguir resultados ainda melhores com o portal de compras.

Veja 5 vantagens que você pode obter lendo o post que está neste link.

Avalie esse Post

CADEIA DE FORNECIMENTO FINANCEIRO: COMO INOVAR NA SUA EMPRESA
4.5 (89.23%) 26 votes