COMO REALIZAR O DROP SHIPPING

  19/01/2017 - Por : -

Uma das formas mais conhecidas e utilizadas para importar produtos é o drop shipping. Esse método se tornou bastante popular porque não requer que o importador trabalhe com estoque físico, reduzindo seus gastos com o capital imobilizado.

Mas para executar essa prática de forma eficiente, é importante entender exatamente como ela funciona, quais são suas características e as possíveis desvantagens que possui. Então, vamos saber mais sobre esse assunto? É só acompanhar!

O que é drop shipping?

Esse método de importação é aquele em que a mercadoria é entregue diretamente para o cliente final.

Ou seja, o fornecedor encaminha para o endereço do consumidor, sem passar pelo comprador, que, no caso, seria a sua empresa.

A grande vantagem é não contar com um estoque, o que significa redução de custos devido ao fato de não haver capital sem giro.

Outros benefícios são não haver número mínimo de produtos por pedido e o custo inicial baixo.

Por outro lado, por ser uma técnica muito difundida, ela pode ser alvo de dúvidas por parte dos clientes, especialmente daqueles que já tiveram problemas com esse tipo de compra.

Além disso, você pode ter grandes problemas com os fornecedores, que podem encaminhar mercadorias com defeito, trocadas, de cores diferentes etc.

Ou seja, nem tudo são flores. Mas você pode se precaver de problemas conversando com pessoas que já praticam esse modelo de importação.

Como executar o drop shipping?

O processo de compras por meio desse método é um ciclo bastante simples. Ele começa com o cliente, que vê o anúncio da sua empresa na internet e faz o pedido.

Você, que é o vendedor, recebe o dinheiro da compra, pega sua margem de lucro e compra diretamente no fornecedor.

O fornecedor processa o pedido e deixa o produto pronto para ser encaminhado ao cliente, que recebe a mercadoria.

Como é possível perceber, como vendedor, você não precisa se preocupar em estocar, empacotar e enviar o produto, porque todas essas etapas são feitas diretamente pelo fornecedor.

Porém, você precisa seguir 5 passos para garantir que você siga o melhor processo. Veja quais são essas etapas:

Selecione o produto

Apesar de não repassar o produto diretamente ao consumidor final, você deve selecionar aqueles com os quais vai trabalhar e precisa divulgá-lo.

Essas mercadorias devem ter relação com o público-alvo com o qual você trabalha. Você também deve considerar o mercado, a demanda e outros fatores.

Encontre um fornecedor

Como indicamos, o fornecedor pode ser o grande problema de quem trabalha com esse método de importação. O ideal é que o fornecedor seja de confiança, para evitar que o seu cliente seja prejudicado e, de quebra, você acabe se incomodando. Entre os prejuízos que você pode ter estão reclamações no Procon, nas redes sociais, em sites como Reclame Aqui etc.

Crie um cadastro de fornecedores confiáveis e não poupe tempo e esforços para assegurar que eles são os melhores que existem.

Anuncie o produto

Essa etapa só vem depois de encontrar os fornecedores confiáveis para evitar que você não esteja precavido. Estando tudo certo, faça um bom anúncio, que conte com fotos e uma descrição bem detalhada e objetiva sobre o produto.

Indique também quais são os prazos e as garantias oferecidas. Lembre-se: a ideia aqui é se destacar da concorrência – e isso só depende de você.

Venda

Você deve ter um cuidado extremo com as vendas ou ter uma equipe dedicada somente a isso. Assim que o cliente faz o pedido e o pagamento é faturado, você deve entrar em contato imediatamente com o fornecedor e pedir para que ele envie a mercadoria.

É importante lembrar de que esse processo leva algum tempo. Isso deve ficar claro para o seu cliente e você deve agir o mais rapidamente possível para deixar o consumidor satisfeito.

Pós-venda

Apesar de você não ser o responsável pelo envio da mercadoria, nunca esqueça que o cliente comprou da sua empresa.

Portanto, informe o código de rastreamento do produto, indique que está disponível para ajudar em caso de qualquer imprevisto e repasse um ou mais meios de contato para o consumidor.

Tomando esses cuidados, você garante que o drop shipping realizado é o melhor possível e que o seu cliente permanecerá satisfeito.

Ficou com alguma dúvida?

Aproveite e deixe seu comentário que nós responderemos a você!

Avalie esse Post

COMO REALIZAR O DROP SHIPPING
4.3 (85.6%) 25 votes